Mozar Costa de Oliveira
ocupante da cadeira nº 24
(patrono: Waldomiro Silveira)

Bacharel em filosofia (Universidad Comillas de Madrid), promotor de justiça por pouco menos de dois anos (Estado de São Paulo), Juiz de Direito em Sorocaba, Fartura, Jaboticabal, Santos e São Paulo; juiz do ex-Primeiro Tribunal de Alçada de São Paulo (sete anos) e desembargador no Tribunal de Justiça de São Paulo (três anos); mestre e doutor em direito (USP), desembargador aposentado (Tribunal de Justiça de São Paulo), professor de direito durante 29 anos (Universidade Católica de Santos, São Paulo), atualmente advogado parecerista e escritor.

Três livros publicados — (1) Paixão, Razão e Natureza. Lisboa: Chiado Editora, 2015 (444 páginas); (2) Conceito de lei na metafísica e na ciência positiva (Santo Tomás de Aquino e Pontes de Miranda). São Paulo: Biblioteca24horas, 2014 (350 páginas); (3) As raízes da corrupção. São Paulo: Biblioteca24horas, 2014 (632 páginas).

Artigos jurídicos nos blogs http://mozarcostadeoliveira.blogspot.com; e http://emt.blogspot.com.br/.

Ingressou na ASL em 16 de agosto de 1989.

 

OBRAS

 
     
     
     
   

Rua Soares de Camargo, 17 :: CEP 11045-050 :: Boqueirão :: Santos - SP
(13) 3238-8707 :: contato@academiasantistadeletras.org.br

criado pelo acadêmico Sergio Willians - www.sergiowillians.com.br