Maurílio Tadeu de Campos
ocupante da cadeira nº 32
(patrono: Reynaldo Porchat)

Maurilio Tadeu de Campos desenvolveu desde muito cedo habilidades para ler e escrever, atividades que lhe proporcionam, até hoje,  muito prazer. Elogios e alguns prêmios fizeram dele destaque no tempo de estudante. Os professores incentivavam seu dom para a escrita. Passou a registrar pequenos artigos, que eram publicados em jornais estudantis. A poesia surgiu mais tarde, quando adolescente.

Já adulto, procurou lançar mão da produção literária para revelar suas observações do mundo. Como profissional da educação, os contatos com alunos de diversas idades possibilitaram, além do seu trabalho didático, que ele procurasse ser um incansável incentivador da leitura e da escrita. Já como escritor, Maurilio publicou diversos poemas em revistas marginais e, mais tarde, em antologias.

Participou de concursos literários, tendo sido premiado em vários deles. É co-autor, do livro “Um Dia no Brasil”, lançado em 1985 pela Editora Klaxon, de São Paulo.

Em 2003 lançou “Poemas Translúcidos”, pela Editora Espaço do Autor, seu primeiro livro de poesia. Em 2004 publicou seu segundo livro, “Violência e Dependência Química: Desafios para a Escola Cidadã”, também pela Editora Espaço do Autor, resultado de pesquisa em educação com grupos de recuperação de dependentes químicos.

Foi presidente da Sociedade Ars Viva, de 1995 a 2005, entidade cultural sem finalidades lucrativas sediada em Santos. Ao deixar a direção dessa Associação ajudou a criar, ainda em 2005 a Contemporânea Projetos Culturais, tornando-se seu primeiro presidente, continuando a dirigi-la até os nossos dias.

Em 2006 ingressou na Academia Santista de Letras ocupando a cadeira número trinta e dois, cujo patrono é Reynaldo Porchat. Em 2007 lançou seu terceiro livro, “Gravitando”, pela Editora Scortecci, reunindo poemas diversos.

É cronista-colaborador do Jornal “A Tribuna”, de Santos, publicando, mensalmente artigo de sua autoria, na coluna “Tribuna Livre” desse periódico.  Em 2010 lançou, pela Editora Comunnicar, seu quarto livro, “Relações & Compromissos”, reunindo textos voltados ao estudo do comportamento humano e ao relacionamento interpessoal.

Em 2014, lançou novo livro de poemas, “Devaneios”, prefaciado pela Acadêmica Edith Pires Gonçalves Dias, seu quinto livro, editado pela Comunnicar. Coordena reuniões literárias em Santos e em Guarujá. Maurilio quer dedicar-se ainda mais à literatura, produzindo novos textos em prosa e poesia e aprimorando-se em outras vertentes da escrita.  É formado em Geografia e Pedagogia, além de ser Mestre em Educação para o Ensino Superior.

É, também, especialista em Sociologia, Psicologia da Educação e em Psicopedagogia do Comportamento. Sua produção literária e sua atuação como ativista cultural também pode ser observada no seu blog, mauriliotadeuescritor.blogspot.com/.

Ingressou na ASL em 4 de outubro de 2006

 

OBRAS

 
 
     
   

Rua Soares de Camargo, 17 :: CEP 11045-050 :: Boqueirão :: Santos - SP
(13) 3238-8707 :: contato@academiasantistadeletras.org.br

criado pelo acadêmico Sergio Willians - www.sergiowillians.com.br